JollyRoger 80´s para as Massas

JollyRoger 80´s para as Massas

terça-feira, 24 de setembro de 2013

O Inspetor e a Faxineira




Um inspetor e uma faxineira de uma escola municipal do Rio de Janeiro foram afastados de seus cargos após um vídeo deles fazendo sexo ter sido divulgado na internet. A notícia foi divulgada no começo do mês de setembro e de acordo com jornais, a Secretaria Municipal de Educação abriu uma sindicância para investigar o caso. Tanto a secretaria da escola como a Comlurb ressaltaram que o comportamento de ambos profissionais foi inadequado. Portanto vão sofrer as consequências de seus atos libidinosos. 

Acho que também devam ser feitas sérias investigações para que a pessoa doente que divulgou o vídeo na internet também responda por seus atos. Pois já que não vê problema em expor os outros na rede também não deveria se importar do público tomar conhecimento de suas falhas de caráter. 

Ao que parece, o sexo aconteceu fora do horário escolar. Não vou entrar na questão de que se escola é lugar ou não para se ter relações sexuais. Teoricamente Igrejas também não são, mas existem pelo menos mil vítimas só na cidade de Boston nos Estados Unidos que podem dizer o contrário. 

Basta procurar no you tube para constatar a quantidade de vídeos com festas realizadas nas escolas brasileiras sendo animadas com alunas excitando a platéia com as danças eróticas do funk cultural. Então será contraditório que certas autoridades educacionais julguem o inspetor e a faxineira se permitem que seus alunos se comportem como se estivessem em um puteiro. 

Como era de se esperar o inspetor e a faxineira devem estar sofrendo o habitual apedrejamento virtual. Sendo despedidos poderão ter dificuldades em encontrar novos empregos. Vão ser taxados de imorais, pervertidos e de não respeitarem nossas inocentes crianças. O que nos leva subitamente a pensar: E se as pessoas envolvidas fossem ''artistas'', ''celebridades''? Qual seria o teor da discussão? De que maneira esse vídeo estaria repercutindo nas mídias e sobre suas vidas? Qual seria o direcionamento dessa polêmica? 

Já ocorreu antes e acontece sempre. Pois estariam agora dando entrevistas. Independente de sua ocupação no circo do horror business eles teriam seus cachês ainda mais valorizados e quem sabe já estariam estudando propostas para programas na televisão. 

Anos atrás uma milionária desocupada ganhou fama planetária e respeito quando seus vídeos caseiros contendo estripulias sexuais ''vazaram''. Meses atrás, no Brasil, república das bananas enfiadas nas bundas, uma assessora parlamentar de algum deputado, senador ou coisa parecida também teve vídeos de suas performances sexuais divulgados. 

Depois disso já posou nua, virou modelo, ídolo, participa de reality show. Hoje engrossa as fileiras da tão almejada e valorizada carreira de Puta Midiática. Ou seja, não sofreu nem metade das consequências profissionais e pessoais que os pobres e não-midiáticos inspetor e faxineira. Por que o tratamento diferenciado? Eu tenho algumas respostas. E vocês? 

Essas questões são apenas a ponta do iceberg das contradições da Jovem Pátria Mãe Gentil de uma sociedade paradoxal, hipocritamente conservadora, culturalmente confusa e em processo de construção de valores e ideais morais e políticos. 

* Justamente por não concordar com a exposição das pessoas envolvidas optei por não colocar links de vídeos e não mencionar o nome da Escola. Filmar e denunciar deputado colocando dinheiro na cueca é jornalismo investigativo. Gravar a intimidade de desconhecidos e jogar na rede é invasão de privacidade e uma atitude criminosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...