JollyRoger 80´s para as Massas

JollyRoger 80´s para as Massas

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Todos os animais estão sofrendo

Nas últimas semanas tivemos mais um exemplo do fenômeno atual da rapidez da comunicação.



Milhares de pessoas compartilhando fotos em redes sociais (Facebook para ser mais específico) da enfermeira que matou o cãozinho da raça Yorkshire. Algumas manifestações de defesa do animal eram acompanhadas de acaloradas mensagens de ódio para com a agressora. Ou melhor, assassina.

Tem gente que espanca mulheres.



Incendeia mendigos (ou índios) adormecidos por diversão.





Atropela famílias dirigindo alcoolizado.





Desvia verbas públicas provocando "indiretamente" a morte de milhares.



E sexualiza crianças através de programas na televisão.





Não estou diminuindo os atos dessa surtada, mas pensem a respeito.

Concordo que uma atitude não diminuiu a outra! Mas, tudo depende do contexto e o que está em questão é a maldade do ato. Uma coisa é matar um (ou milhares) boi(s) para se alimentar. Outra é espancar descontroladamente um animal por diversão. De todo modo, acho errado qualquer tipo de matança indiscriminada de animais. Sejam de cães, golfinhos ou homens. Todos os animais do planeta estão sofrendo.



Existem estudos inclusive que comprovam que nos filmes as cenas com animais são as que causam maior comoção. O cineasta norte-americano Michael Moore ( Tiros em Columbine e Fahrenheit 11 de setembro) escreveu que em um de seus filmes (Roger & eu) foi apresentada uma cena em que uma mulher matava um coelhinho branco para vender a carne. E em outra cena ele mostrava um homem negro sendo morto pela polícia.

Adivinhem qual cena chocou mais os espectadores?



Reitero que não estou simplificando os atos da mulher. Na minha opinião ela está com problemas. Deve se tratar. O caso deve ser analisado para se descobrir as razões do surto. Com o advento da internet, da velocidade dos meios de comunicação todos os acontecimentos se transformam em imagens. Os atos imagens, portanto devem ser analisados com muito cuidado.

Infelizmente, daqui a duas semanas outra situação aterrorizante será divulgada e novas manifestações alarmantes serão compartilhadas.

O cachorro é um animal que age por instinto. O homem é um animal que, teoricamente dotado da razão consegue "anular" alguns de seus instintos primitivos. Dependendo dos motivos de como um animal for morto o homem deve ser punido. A vida em sociedade exige a assinatura de um contrato. Algumas liberdades são cerceadas para um bem comum.

O fenômeno midiático da última semana "Enfermeira que matou o Yorkshire" vai durar até quando?
Entendo que o ato da enfermeira foi chocante assim como tantos outros cometidos contra outros animais e humanos.

Presidentes bombardeiam cidades ao redor do mundo incinerando milhares de crianças, jovens e velhos e ninguém se pronuncia. Ou melhor, essas questões não parecem tirar o sono de ninguém. Pelo contrário, vão assistir Capitão América no cinema em 3D.



Todas essas questões devem ser julgadas. Eu não vi mobilização semelhante pedindo a cabeça do tal goleiro Bruno do Flamengo. E ele, seus comparsas e seus cachorros, teoricamente mataram uma mulher.

Muitos justificaram o ato de violência afirmando que ela era uma prostituta que estava chantageando o jogador. E se fosse mesmo uma garota de programa então não merecia ser defendida? Logo no Brasil em que as prostitutas são as artistas mais adoradas e que ocupam mais espaço na mídia?

Somos ou estamos apáticos com as matanças rotineiras?


Ficheiro: Assassinos do índio Galdino Pataxó.
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Assasinos_do_Indio_Galdino_Patax%C3%B3.jpg

5 comentários:

  1. http://www.revistabula.com/posts/colunistas/a-enfermeira-histerica-e-a-nacao-infantiloide

    ResponderExcluir
  2. Texto muito bom, um de seus melhores que já li. A escolha das imagens por sinal também está muito significativa. Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. bem pertinente o texto, assim como as fotos...
    está de parabéns, Rogério...
    todos os animais sofrem, o tempo todo...
    Guerras me chocam... não posso imaginar as crianças morrendo... os velhinhos... na verdade... ninguém... principalmente se for sem chance de defesa...
    achei horroroso o ato da enfermeira... e minha primeira preocupação foi: e se um dia ela se descontrola, espanca e mata a própria filha?
    eu quis e muito ver a cabeça do goleiro Bruno... porque, independente da moça ser atriz porno, prostituta, fosse o que fosse, ela era um ser vivo, e ele fez ela sofrer muito até que fosse morta, ao menos é oque os relatos dos comparsas dizem...
    eu não aguento viver nesse mundo...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...