JollyRoger 80´s para as Massas

JollyRoger 80´s para as Massas

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Existem meios de fugir da atual música pop norte-americana?




Indústria cultural foi um termo criado há tempos atrás por um pensador alemão chamado Theodor Adorno para criticar como as formas de cultura estavam sendo produzidas industrialmente. A arte havia se tornado apenas mais uma mercadoria, sem substância, originalidade e talvez sem relevância. 

Nesse sentido, tudo era semelhante. Dito isso, me incomoda bastante como a indústria cultural dos Estados Unidos domina completamente o mercado cultural do Brasil e de outros países do mundo. Em se tratando de música, existem milhares de bandas e artistas (interessantes ou não) em todos os países. Seja na Alemanha, Portugal, na Europa como um todo, no Japão (com seus grupos de rock competentes), no continente africano e na América Latina.

Mas toda nossa mídia lacaia e controlada por grupos representantes dos interesses estadunidenses nos inunda apenas com informações e vídeos de celebridades norte-americanas. E nos impressionamos e ficamos deslumbrados com pouco. Típico de quem não tem memória.


Desde a segunda metade da década de 90 com a nova safra de boy bands, a música comercial entrou na sua pior fase. Sobrevivemos ao Hip Hop nos anos 2000 amplamente divulgados pela MTV e atolamos atualmente com o endeusamento exagerado e multimilionário das divas pop e do r&b.


Toda essa breguice norte-americana preenche todos os espaços possíveis. Os fantoches do entretenimento (a maioria eu me recuso a chamar de artista) aparecem subitamente sendo lançados como gênios e visionários. Uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade. Para as pessoas só restam os aplausos e o endeusamento, pois os meios de comunicação (e desinformação) inundam o mundo com todo tipo de notícia sobre as mesmas poucas pessoas. Alguém mais se incomoda com essa overdose?



Temos liberdade de escolha, mas a mídia entrega de bandeja o que você tem que "escolher". Para o grande público acomodado quase não há opção de escolha nesse fast food sonoro. O problema não é a música pop, mas ser meramente industrial e massificado. Porém, você pode procurar por conta própria outros artistas e desenvolver mais sua sensibilidade auditiva. É possível! Pesquise no youtube, compre discos de vinil baratos em sebos, vá a shows de bandas que estão no underground.



O consolo é que as músicas desses profissionais do ramo do entretenimento, com algumas exceções, não vão sobreviver ao tempo. Mas é triste perceber que momentos de nossas vidas tiveram e terão como trilha sonora produtos tão comerciais, vazios, gravadas nas coxas. Premiações forçadas com espetáculos coreografadas, rebeldia enlatada e pretensa ousadia . Eles deram ao pop um nome ruim. E quem são eles?


2 comentários:

  1. Realmente... Mas... o que é isso? Peitossssssssss.........
    Não consigo pensar direito......... ZZZZZZZZzzzzzzzzzz

    ResponderExcluir
  2. Olha, Roger! Eu penso da mesma forma. Isso serve pra abrir mais os nossos olhos... To cansada das mesmas "cantoras" com os mesmos estilos e letras vazias. Muito bom o texto, vou compartilhar! 👏👏👏

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...