JollyRoger 80´s para as Massas

JollyRoger 80´s para as Massas

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Renato Aragão, o linchamento virtual e a cultura do ódio





Existe uma ideia de que o Brasil é um país sem memória. Ou seja, que não conhece e não valoriza sua História. Fato! Se o hábito da leitura séria não é incentivado, o sistema educacional é uma farsa e a televisão orienta os pensamentos de grande parte da população podemos dizer que realmente o Brasil além de desmemoriado é lobotomizado. Mas além de esquecer, o Brasil e os brasileiros são especialistas em outra coisa: Destruir!

Um grande número de brasileiros, ricos e pobres, brancos e negros, gays e heteros, homens, mulheres e crianças são ressentidos, revanchistas, gananciosos e tem baixa autoestima. Na internet eles podem desabafar o que reprimem no mundo real. Eu poderia citar muitos exemplos, mas o que quero ressaltar hoje é a caça às bruxas virtual. Geralmente um ataque em bandos, um apedrejamento sem sentido e desnecessário.

No caso, eu gostaria de eleger Renato Aragão como exemplo do que quero denunciar. O referido artista virou uma piada nas redes sociais nos últimos anos por causa de sua decadência artística e declarações pessoais constrangedoras, porém inofensivas. 


Não estou afirmando que alguém por ser um artista famoso esteja imune à críticas e questionamentos, ainda mais quando se posiciona politicamente. O que não é o caso do Didi.

O que vemos é um massacre impiedoso em relação à um velho campeão de bilheterias do cinema nacional e um integrante/líder de um dos programas mais bacanas da tv brasileira. E não venham com essa de que somente o Mussum e o Zacarias eram engraçados. Todos no grupo se completavam e Didi e Dedé tinham um trabalho corporal circense que ficava ainda mais evidente em filmes como Os Saltimbancos Trapalhões.

Nas entrevistas que concede percebe-se na fisionomia de Renato Aragão um cansaço, uma certa tristeza natural e talvez necessidade de se posicionar de alguma maneira em um contexto artístico que não tem mais lugar para ele. 


A injustiça com artistas não é algo intrinsecamente brasileiro. Michael Jackson foi perseguido e ridicularizado e outros grandes do passado como Jerry Lewis seguem anônimos para muitas pessoas. Mas no Brasil, sedento por aniquilar o próximo, antes de apagar a memória deve-se humilhar o indivíduo.

Com essa atitude covarde e violenta das pessoas, mas compreensível pelos motivos já citados anteriormente se destrói também uma parcela da história artístico cultural popular brasileira de qualidade. Uma tragédia porque mesmo se esse escárnio com a figura de Renato não estivesse ocorrendo já seria difícil fazer com que os jovens imbecilizados desse país se interessassem por qualquer tipo de arte.


O que vocês acham do linchamento virtual gratuito? Existem figuras (não artistas) como Pelé, Ronaldo 'Fenômeno' e outras da mpb, por exemplo, que se envolvem em polêmicas por causa de seus posicionamentos políticos questionáveis. Essas se colocam no fogo cruzado e muitas vezes merecem os tiros (linguagem figurada*). De toda forma, o que vocês acham do escárnio sem limites e respeito?



Para os interessados, todos os filmes dos Trapalhões já foram lançados em DVD como também podem ser encontrados facilmente no You Tube. Verdadeiras pérolas como "Os Saltimbancos Trapalhões, O Casamento dos Trapalhões, Os Trapalhões no Planalto dos Macacos e Os Trapalhões na Serra Pelada. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...