JollyRoger 80´s para as Massas

JollyRoger 80´s para as Massas

domingo, 13 de junho de 2010

No limite do Caos


Quase meia hora perdida procurando um filme que prestasse. Terça-feira. Dia de promoção na vídeo-locadora. Refletiu que já deveriam ter mudado esse nome para DVD-locadora, mas se assim fosse, o mesmo já estaria tornando-se obsoleto tendo em vista a chegada do Blue-Ray.

"Blue-Ray locadora" ficaria estranho. Soaria melhor como nome de condomínio da Zona Oeste carioca. "Blue-Ray Golden Green" ou algo parecido. No entanto, vídeo-locadora continua sendo vídeo-locadora. Até porque não é necessariamente o suporte que batiza a mesma. Nunca ouviu nada parecido com Vhs-locadora ou Betamax-locadora!

Sorri da certeza de que esses devaneios, além de fazerem seu futuro leitor perder o foco atrasam ainda mais a escolha do filme (dvd). O atendente informou que a promoção de terça-feira acabou, mas na quinta véspera de feriado, alugando dois ou mais filmes selo Ouro entrega-se somente na segunda.

O selo Ouro indica quais são os últimos lançamentos. Os restantes pertencem ao catálogo e à estes correspondem o selo Vermelho. Que seja! Como faltou hoje ao estágio... verá filmes.

Retornando à casa, incomoda-se com o barulho de fogos de artifício que invadem seu quarto sem permissão, indicando o término de algum jogo de futebol. Isso o desconcentra enquanto busca na memória bons e satisfatórios jogos de palavras para a composição de sua primeira tentativa de crônica semi-autobiográfica.

Deixando os dvds alugados de lado ele se volta para suas anotações semanais. Ele tem noção de que faltou ao trabalho por pura preguiça, descaso e certeza da impunidade, mas não sabe ao certo se vale a pena colocar isso na crônica em andamento.

Sete horas da noite. Os seis filmes alugados não são grande coisa e dificilmente conseguirá assistir todos. Filmes excepcionais não se encontram no subúrbio e subúrbios excepcionais só se encontram em filmes. A mente não para de trabalhar.

Tem certeza que essas histórias do cotidiano se colocadas da maneira certa no papel e posteriormente na tela do computador lhe deixariam no mínimo satisfeito. Ele adora distrair-se com suas pretensiosas criações. Por adorar História, ele também adora escrevê-las. Por motivos óbvios, a que ele mais conhece é a própria.


Teste seus limites...

12 comentários:

  1. Primeiramente, uma reclamação: enquanto sua amiga, gostaria de ser informada da existência de um 'lugar' onde podemos encontrar suas ideias escritas e tornadas públicas.

    "Filmes excepcionais não se encontram no subúrbio e subúrbios excepcionais só se encontram em filmes." Fato. Infelizmente. Bela percepção e bela frase.

    "Ele adora distrair-se com suas pretensiosas criações." Ah, depois não concorda quando eu o chamo de 'guru da galera', mesmo agotando o slogan 'Rgr para as massas'... Aliás, o blog não tem esse proprósito de autodivulgação ou autopromoção?

    Ideia apoiada e devidamente congratulada! Gostei do texto. Aguardo os próximos.

    ResponderExcluir
  2. "(...)Retornando à casa, incomoda-se com o barulho de fogos de artifício que invadem seu quarto sem permissão, indicando o término de algum jogo de futebol"...

    Veja bem, grandes chances desses fogos serem o aviso de que o bagulho chegou em algum morro. É um verdadeiro show de pirotecnia pro bagulho que chega! Impressionante! E término de jogo de futebol comemora-se agora violentamente mano a mano mesmo (time do coração ganhando ou perdendo*

    ................................

    *Contribuindo surrealmente à crônica "Jollyroger e suas historietas maravilhosas".


    (esperaremos as próximas!)

    ResponderExcluir
  3. Respondendo à todas na ordem de chegada e não necessariamente nessa ordem: Nossos chefes devem saber o menos possível sobre nós e o blog é SEMI-autobiográfico; É com pesar que aceito a contribuição surreal da triste realidade pirotécnica dos morros. Admitindo a pretensiosa idéia de guru da galera venho por meio desse comentário afirmar que o blog é mais uma forma de autopromoção sim! E de diversão também. rs Por fim, agradeço os belos e estimulantes incentivos. Não sei o que as pessoas querem ler, mas posso dar muito mais! ; )

    ResponderExcluir
  4. Gosto da idéia de ler suas coisinhas escritas aqui... mas uma pergunta é inquietadora... Por que locar mais filmes que seus olhos podem ver? rsrs (Pergunta que pode ser auto-direcionada, já que eu sempre fiz isso durante toda a minha vida!!!! hahaha)

    ResponderExcluir
  5. Por que querer ter sempre mais do que se tem ou pode?

    ResponderExcluir
  6. eu simplesmente adorei!!
    rsrs...
    ha um barulho de show aqui que me desconcentra, nao sei o que escrever!!! será que tenho D.D.A.???
    ah, Rogério, vc é muito talentoso... tá tudo escrito de forma leve e sútil, adorei conhecer seu lado escritor... parabéns!

    ResponderExcluir
  7. tsc tsc tsc. Depois fala que anda super enroado com trabalhos e estudos.


    MAMOUKER!!

    ResponderExcluir
  8. Mamoukeando e Blogueando novidades pela Cidade.

    ResponderExcluir
  9. É engraçado alguém ainda ir à locadora de vídeo...Mais do que sempre viraram reduto do Cult assim como as lojas que vendem CD's no Centro da Cidade. Será justamente nestas locadoras, lojas e livrarias que encontrarão filmes de arte e raros blockbusters clássicos. O produto de qualidade artística será caro, privado e inacessível aos olhos e bolsos dos pobres mortais.

    ResponderExcluir
  10. Reiterando Umberto! Os produtos aos quais você se refere já são caros e um pouco difíceis de encontrar.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...