JollyRoger 80´s para as Massas

JollyRoger 80´s para as Massas

domingo, 13 de junho de 2010

No limite do Caos


Quase meia hora perdida procurando um filme que prestasse. Terça-feira. Dia de promoção na vídeo-locadora. Refletiu que já deveriam ter mudado esse nome para DVD-locadora, mas se assim fosse, o mesmo já estaria tornando-se obsoleto tendo em vista a chegada do Blue-Ray.

"Blue-Ray locadora" ficaria estranho. Soaria melhor como nome de condomínio da Zona Oeste carioca. "Blue-Ray Golden Green" ou algo parecido. No entanto, vídeo-locadora continua sendo vídeo-locadora. Até porque não é necessariamente o suporte que batiza a mesma. Nunca ouviu nada parecido com Vhs-locadora ou Betamax-locadora!

Sorri da certeza de que esses devaneios, além de fazerem seu futuro leitor perder o foco atrasam ainda mais a escolha do filme (dvd). O atendente informou que a promoção de terça-feira acabou, mas na quinta véspera de feriado, alugando dois ou mais filmes selo Ouro entrega-se somente na segunda.

O selo Ouro indica quais são os últimos lançamentos. Os restantes pertencem ao catálogo e à estes correspondem o selo Vermelho. Que seja! Como faltou hoje ao estágio... verá filmes.

Retornando à casa, incomoda-se com o barulho de fogos de artifício que invadem seu quarto sem permissão, indicando o término de algum jogo de futebol. Isso o desconcentra enquanto busca na memória bons e satisfatórios jogos de palavras para a composição de sua primeira tentativa de crônica semi-autobiográfica.

Deixando os dvds alugados de lado ele se volta para suas anotações semanais. Ele tem noção de que faltou ao trabalho por pura preguiça, descaso e certeza da impunidade, mas não sabe ao certo se vale a pena colocar isso na crônica em andamento.

Sete horas da noite. Os seis filmes alugados não são grande coisa e dificilmente conseguirá assistir todos. Filmes excepcionais não se encontram no subúrbio e subúrbios excepcionais só se encontram em filmes. A mente não para de trabalhar.

Tem certeza que essas histórias do cotidiano se colocadas da maneira certa no papel e posteriormente na tela do computador lhe deixariam no mínimo satisfeito. Ele adora distrair-se com suas pretensiosas criações. Por adorar História, ele também adora escrevê-las. Por motivos óbvios, a que ele mais conhece é a própria.


Teste seus limites...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...